Quinta-feira, 15.12.11

O director de Relações Institucionais da empresa Estradas de Portugal, Mário Fernandes, em entrevista, esclarece que as isenções previstas para residentes ou empresas com sede nos concelhos abrangidos pelas auto-estradas perderam o regime SCUT terão como base dez viagens mensais e não dez transacções entre pórticos de cobrança electrónica de portagens. Assim, deslocações entre Vilar Formoso e Aveiro (na A25) ou entre a Guarda e Torres Novas (na A23) poderão ser contabilizadas como viagens únicas, embora o decreto-lei que institui o pagamento de portagens refira «transacções». Mário Fernandes explica ainda que durante cada viagem os automobilistas poderão sair numa localidade e voltar a entrar na auto-estrada continuando a beneficiar da isenção de viagem única, desde que o tempo de duração do desvio ou paragem não exceda um determinado limite, que não está quantificado mas que o porta-voz da Estradas de Portugal menciona como «o suficiente para tomar um café ou fazer um abastecimento». Depois de esgotadas as dez isenções mensais, os utilizadores beneficiarão de 15 por cento de desconto em todas as restantes deslocações, desde que cumpram os requisitos de discriminação positiva. Mário Fernandes recorda os procedimentos para a obtenção do reconhecimento desse estatuto e explica também o que fazer no caso de não ser detentor de identificador da Via Verde ou como devem proceder os cidadãos que entram em Portugal através da fonteira de Vilar Formoso.

 

Mais INFORMAÇÂO

 


tags: , ,

publicado por Po(d/b)re da Sociedade às 14:39 | link do post | comentar | partilhar | favorito

Sexta-feira, 09.12.11

A União dos Sindicatos de Castelo Branco (USCB) diz que a promulgação da legislação do governo que introduz as portagens na A23, A24 e A25, é “mais um acto de pura hipocrisia e de puro cinismo” de um Presidente que “diz uma coisa e faz outra completamente ao contrário”. 

Segundo um comunicado da USCB, “depois de Salazar e Caetano, Cavaco Silva foi o pior que aconteceu a Portugal”. Com a aprovação das portagens, “Cavaco Silva dá a sua mão ao PSD e ao CDS-PP para aplicarem o golpe final ao Interior do País e todos juntos assumem-se como os coveiros da nossa região”. Para a União dos Sindicatos de Castelo Branco “as portagens são inaceitáveis sejam elas de cor vermelha, rosa ou laranja e a luta contra as injustiças sociais e contra a destruição do distrito não irá parar, seja qual for a cor partidária do governo ou do presidente da república”.

Com acções próprias ou integrados nas acções das comissões de utentes, a União dos Sindicatos vai também estar na linha da frente, porque tem a convicção que “é mais fácil tirar as portagens que colocá-las”. Neste sentido, a comissão executiva da USCB apela "à população, aos trabalhadores, às associações empresariais e às comissões de utentes, incluindo à dos “Empresários Pela Subsistência” para a realização de uma acção contra mais este crime ao interior que seja mais avançada, mais enérgica, mais corajosa na forma e mais forte, mais abrangente e mais convergente na participação".

“Com a unidade, com a convergência e com a luta, as portagens serão derrotadas” refere, em comunicado, a União dos Sindicatos do distrito de Castelo Branco.

 



publicado por Po(d/b)re da Sociedade às 15:15 | link do post | comentar | partilhar | favorito

Este Blog é um espaço de apresentação/identificação dos podres/pobres da sociedade onde vivemos, onde a dignidade já há muito se perdeu e o estado civil se sobrepõe ao estado social. Não é um espaço reacionário mas sim... de indignação!!!
mais sobre mim
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


VISITAS
counter
INDIGNE-SE E COMENTE
Quem quiser contribuir com algum artigo para este Blog, mostrando assim o seu direito à indignação, é favor enviar para o mail podbredasociedade@sapo.pt. Comentem e deem a vossa opinião sobre os artigos apresentados.
tags

todas as tags

posts recentes

A resposta a algumas perg...

USCB critica Presidente d...

arquivos

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

blogs SAPO
subscrever feeds